Total de visualizações de página

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

OA CARCEREIROS.



 Já está na praça "Os Carcereiros" do brother Nestablo Ramos, ou melhor dizendo, um upgrade da versão original lançada a 10 anos atrás. Já naquela época o material surpreendia e a prova cabal de que uma obra é superior aos concorrentes é quando ela mantém a sua vitalidade através dos anos e continua atual a cada relida. A primeira vez que ela deu as caras nas bancas foi na extinta Graphic Talents da, se não me engano, Editora Escala. Foi de longe a melhor publicação daquela série, que tinha como objetivo, como o nome deixava transparecer, revelar novos talentos.
Lembro bem quando o Neto (como eu o chamo), iniciou esta saga, o personagem central pra mim ficou parecendo o Fox Mulder (aliás, se fizessem um filme desta saga, o David Duchovny seria o cara certo para interpreta-lo - depressa, antes que ele fique velho demais!) mas o Netão falou que era pra parecer outro ator, bem, deixa isto pra lá.

Sobre o a série, creio que o prefácio do Gian Danton já sintetiza tudo, deixa eu falar um pouquinho sobre a minha participação neste álbum, foi com o pinup que vocês conferem acima, dei a minha visão pessoal da obra, como eu a sinto, algo extremamente bizarro, um carcereiro do século XVII. Lembra um pouco de Lovecraft, Residente Evil e os filmes do Sam Raimi, né não? Era pra ser isto mesmo. Aqui em casa não gostaram muito não. Acharam que a bunda do carcereiro na direção do público não pegou bem. Susto extremo no momento de se levantar? Problemas de coluna? Sei lá, pessoal, certos "defeitos" nas minhas ilustrações, só noto depois que é tarde demais pra corrigir (se é que há algo pra ser corrigido) coisas assim muitas vezes sugerem expontaneidade. Seja como, for me senti honrado por fazer parte disso e estar acompanhado de outros feras convidados, James Figueiredo e Humberto Yashima, yeah!

Pelo visto o Nestablo decolou (Zoo, Pet, Natureza Humana, Carcereiros e Zona Zen chegando) e não vai aterrisar tão cedo. Pra ele, que é um dos melhores autores da atualidade, até que demorou!




2 comentários:

  1. Agora sim, vamos falar sobre isso!! Grato por divulgar aqui no seu espaço e ser tão bondoso com as palavras, meu amigo Eduardo!! Olha, você é o segundo cara que achou o personagem parecido com o Mulder, mas na verdade a inspiração para estes carcereiros da capa foram: Sidney Poitier como San Beckett, John Cusack como Dr. Sinclair e Ian McShane como Hunter. Grato pela participação, velho amigo! Espero repeti-la em breve!!

    Abração!!!

    ResponderExcluir
  2. Ok, tá explicado.
    E no que depender de mim vamos repetir sim, sem sombra de dúvida.
    Abraços, brou.

    ResponderExcluir