Total de visualizações de página

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

OS MELHORES DA PADA 2012.




Conforme já comentei aqui, sexta feira passada (caramba, já faz uma semana?!?) foi a entrega dos prêmios da PADA para aqueles que publicaram hqs no Estado de Pernambuco no ano de 2011. Como a maioria de vocês devem saber, fui um deles, com o álbum GRAPHIC PADA 1 - ZÉ GATÃO, pelo qual fui contemplado com dois troféus, o de MELHOR DESENHISTA e MELHOR PERSONAGEM - ZÉ GATÃO.
Devo admitir que fiquei orgulhoso (provavelmente estes serão os únicos prêmios ligados aos quadrinhos que receberei, até porque estou me desligando dos comics aos poucos). Os que me conhecem bem, sabem que não gosto de ir a eventos, salvo como anônimo. Prêmios? Até pensei que pudesse receber um HQ Mix em 2004 por "Zé Gatão - Crônica do Tempo Perdido", onde concorri em duas categorias, mas nunca dei muita importância a isto, minha ambição de fato sempre foi viver desta arte, ter o reconhecimento através de vendas, coisa que nunca aconteceu, por isto, entrando na velhice, joga-se fora certos conceitos e aprecia-se o carinho e prestígio que lhe dão, curte-se o momento, aquele doce morango que se encontra no deserto, que me veio na forma destes dois prêmios.

Desenho desde sempre, labutei muito para aperfeiçoar meu traço e minha técnica, não me permitindo ter apenas uma faceta, então, ser reconhecido como um bom desenhista seria algo até natural e é claro que isto me regozija, mas gostei muito de ter recebido o troféu por melhor personagem, é uma vitória de Zé Gatão. Me esforcei muito para tornar o felino popular num país tão pobre de personagens carismáticos. Claro, temos toda a turma do Maurício de Souza, do Ziraldo e dos cartunistas como "Los Três Amigos", mas aonde estão aqueles ditos heróicos? O Raio Negro, Judoca, Mirza e tantos outros, estão em algum lugar, sobrevivendo na memória de saudosistas apenas. Meu universo antropomorfo nem teve tempo de se estabelecer como os citados, e talvez fique na lembrança de uns poucos fãs, mas os troféus recebidos no dia 17 último me provou que meu esforço todos aqueles anos não foi em vão. Graças a Deus por isto.


O evento em si foi bem legal, organizado, e ao contrário do ano passado, lotou, não havendo espaço para os muitos que chegaram depois da hora. Estava uma noite chuvosa e eu com uma enfermidade no pé esquerdo (que fechado no tênis, estava me martirizando) lutava para não mancar. Tive a honra e o prazer de conhecer novas pessoas do meio, como o Lorde Lobo, pai do personagem "O Penitente", Rafael Oliveira, criador do Pernambuco Nerd, André Balaio e Roberto Beltrão do site Recife Assombrado e vários outros.
Reencontrei após tantos anos o mestre Watson Portela, o grande homenageado da noite.
Normalmente, pelo menos pra mim, estes encontros de criadores de pop art, são espaços onde as "panelinhas"excluem aqueles que não fazem parte delas. Não foi o caso deste da PADA, ali, todos conversaram, tiraram fotos e se integraram com todos. Me senti em casa.
Meus sinceros agradecimentos a todos os membros da PADA.
Abaixo algumas fotos de alguns momentos da premiação. Abraços, beijos e apertos de mãos procêis.





Guerreiros da HQB - Milson Marins (PADA), Ary Santa Cruz (Mistiras), Rafael Oliveira (Pernambuco Nerd), Eduardo Schloesser (Zé Gatão), Sandro Marcelo (Saniverso/PADA), Teo Pinheiro (PADA), Leonardo Santana (PADA), Michelle Ramos (Zine Brasil), João Paulo (Capitão Brasil), Lorde Lobo (Penitente), André Balaio e Roberto Beltrão (Recife Assombrado).

8 comentários:

  1. Parabéns, Dudu!! Mais que merecido!!!

    ResponderExcluir
  2. Puxa, que bacana! Aliás, essa têm sido a frase que mais uso para comentar o blogs e postagens dos amigos. Tenho orgulho de não ser apenas um "ANÔNIMO que comenta", e tb tenho orgulho quando um desses amigos consegue algo mais que merecido. Apesar de não conhecê-lo ha muito tempo, Eduardo, pelos seus escritos, vejo que realmente foi muito bom esse PADA, pois transparece que vc ficou bem à vontade. Com certeza, o tipo de evento que eu tb adoraria ter ido. Saiba que foi tudo merecido mesmo. Dia desses folheei seu novo livro (acho que da Minuano) e sempre me impressiono.
    Ótimo final de semana pra vc e a Verônica.

    ResponderExcluir
  3. Então, Gilberto, o legal nesta profissão, se podemos chamar assim, são os comentários legais e positivos como este que você mandou, é o reconhecimento por um trabalho que dificilmente chega aos que se dizem no "topo". Eventos como este da PADA poderia ter o mesmo clima em todos os festivais e premiações pelo Brasil afora, mas pelo visto a maioria prefere ser "endeusada" como estrela inalcansável e que nunca se apaga (veja bem, é a leitura que faço baseado no que observo e isto não tem nada a ver com talento) o que é uma pena, poi penso que todos saem perdendo.
    E, sim, eu já te consifero um amigo.
    Obrigado por seu prestígio e bom fim de semana pra você e sua cara metade.

    ResponderExcluir
  4. Tive o maior prazer em conhecer a todos os que estavam presentes no evento! Quadrinhistas que eu já admirava virtualmente e, agora, também no mundo real!
    Um grande abraço, Eduardo! E parabéns pelos merecidíssimos troféus!

    ResponderExcluir
  5. Meu amigo, ao longo da minha jornada como artista gráfico, tenho tido o privilégio de conhecer grandes astros deste meio de comunicação tão poderoso que é os quadrinhos, uns de grande talento, outros nem tanto. Me admira que muitos deles sejam tão pouco conhecidos do grande público. Isto vai mudar um dia? Deixarão de dar tanto destaque a quem já tem seu status garantido no panteão de grandes quadrinistas e voltarão seus olhos para artistas fabulosos como você, Nestablo, Edua Manzano e tantos outros? Só o tempo dirá. Sua parte su sei que você faz muito bem. Gostei muito de te-lo conhecido pessoalmente.
    Grato por sua visita (volte mais vezes) e um puta abraço.

    ResponderExcluir