Total de visualizações de página

segunda-feira, 31 de maio de 2010

MEUS PROBLEMAS (OU OBSESSAO) COM OS GIGANTES.

As imagens que voce confere na postagem de hoje foram criadas para uma coleçao de cursos que fiz para a Editora Escala (comentarei,querendo Deus,oportunamente sobre a coleçao aqui no blog). Me deram carta branca para ilustrar o que me desse na telha e nao me fiz de rogado, aproveitei pra ter o meu momento-Frazetta. No texto para a referida coleçao, eu explicava a obsessao e desconforto que me causam estes seres mitologicos com muitos metros de altura. Talvez tenha a ver com o primeiro filme que minha mae me levou pra assistir no cinema. Era o "Ladrao de Bagda", mas nao a versao com o culturista Steve Reeves e sim uma muito mais antiga. Na pelicula, um gigantesco genio perverso faz do protagonista seu escravo.Do resto nao me lembro bem, mas o genio nunca mais me saiu da cabeça. Ainda na infancia outro filme que me impressionou foi o "Alfaiate Valente" da Disney.   Alguns artistas como os espanhois Segrelhes e Sanjulian e a americana Rowena Morril, criaram na pintura fantastica os gigantes mais assustadores que tive a oprtunidade de ver. Esses grandoes sao show de bola. Um dos roteiros que nunca pus no papel, mas que cutucam a minha cabeça, e sobre um grupo de guerreiras que caçam os ultimos gigantes num mundo pos-apocaliptico. Nada novo, mas truculencia acima da medida, seres estranhos e canibalismo sao algumas das coisa que pretendo colocar la. Bem, essa ta na fila.
Vamos as artes:
A mesma cena com tres tratamentos diferentes. Nao e sempre, mas as vezes crio uma versao a lapis pra sentir a funcionalidade da ilustraçao. Depois faço um estudo com lapis de cor pra testar o cromatismo. Por fim a pintura final em acrilico. O tema foi inspirado numa arte do Ray Harryhausen, o mestre do stop-motion. Enjoy.

domingo, 30 de maio de 2010

OVELHA NEGRA

Domingao, dia do descanso e eu passei o dia trabalhando. Enquanto todos se preparam pra dormir, pra encarar o batente de amanha, o papai aqui so vai acabar esta postagem, comer alguma coisa e voltar pra prancheta. Mas nao me queixo, gosto de desenhar e ganho dinheiro com isto. Nao a quantia que gostaria, mas ganho. Nao posso me delongar muito, por isto vai ai um bico de pena que fiz pra um curso de desenho passo-a-passo. Pra voce que esta indo dormir agora, bons sonhos. Ate amanha se Deus quiser. 

sábado, 29 de maio de 2010

HAPPY YEARS

Se tem algo de que sinto saudades, e´dos anos 80. Sei, todos amam dizer que aquela foi uma decada muito brega. Pode ate ser, mas eu nao ligo pra isso nao, a musica era boa. Foi um bom periodo pro hard rock, bandas malhadas no periodo pela critica, hoje viraram lenda. Ainda de manha enquanto trabalhava, eu ouvia Motley Crue, era a banda preferida do meu irmao Andre, depois ele evoluiu para Queensryche. Eu gostava do The Cars e Heart, duas bandas que começaram em fins dos 70.
Certo, Paul MacCartney teve seu pior desempenho naqueles anos, mas em compensaçao, George Harrison lançou "Cloud 9", pra mim o seu melhor disco depois do "The Things All Must Pass" .No cinemao pipoca, os fortoes distribuiam porrada nos comuna. Scharza, Stallone, Chuck Norris.... bem este ultimo eu devo admitir que forçava a barra. Mas foi em 86 que entrei pra faculdade de artes, onde aprendi a me sociabilizar  (pelo menos um pouco) e foi tambem neste ano que arrumei o meu primeiro emprego como desenhista. E o mais importante, foi durante os 80 que conheci Jesus Cristo, embora Ele ja me conhecesse muito antes d´eu vir a este mundo. Neste periodo eu e meus irmaos andavamos sempre juntos. Impossivel nao sentir saudades deste tempo.
Foi ao final dos 80 que criei os dois desenhos que voce confere nesta postagem. Eu tinha tempo pra experimentar materiais e suportes. Nao pretendia agradar ninguem. O primeiro eu fiz com lapis de cor, desses qua a molecada usa na escola, o segundo foi com carvao. Vinte e tres anos atras. Parece mentira que ja passou tanto tempo.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

O ALIENISTA 3

Noite de sexta-feira. Muito cansado. Acabando de postar, volto pra prancheta. Prazo apertado.
Gosto muito do que faço, mas ao contrario de outros artistas, eu nao funciono bem sob pressao, nao cai a qualidade do trabalho, sou um profissional antes de tudo, mas eu gosto de me deter diante da arte, observa-la bem, refaze-la se necessario... bem, nao adianta me queixar, tenho familia pra cuidar, entao deixa eu acelerar aqui e voltar ao batente. O tempo nao me permite um texto mais longo, entao vamos logo aos desenhos. Mais uma leva das ilustraçoes para o Alienista.
Um bom descanso aos que podem descansar.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

ZE GATAO 02

A voce que esta lendo estas mal traçadas linhas, boa noite, e´ muito bom te-lo aqui.
Sabe, de fato nunca pensei o quao longe Ze Gatao poderia chegar. Criar expectativas
com relaçao a um personagem com pouco apelo comercial, e´ preparar uma cama de decepçoes onde se deitar depois (na maioria dos casos).
A gente vai lutando como pode, cria uma historia aqui, procura uma editora acola´, vai lambuzando o selo como quem nao quer nada, se colar, colou. E uma forma de se proteger contra aquele terrivel sentimento de rejeiçao. Uma hora pode dar certo, num momento, um louco pode acreditar na sua criaçao e investir em cima dela. Ou nao.
Mas isto nao impede que se sonhe, que se deseje. Eu, alem das hqs que publiquei e das que permanecem ineditas, criei, numa outra fase da minha, vida uma serie de pin-ups para o personagem. Eram aquelas imagens congeladas que por si so´ contavam uma historia. A que ilustra esta postagem foi a primeira (e unica) de uma serie chamada "quatro estaçoes". O verao obviamente. Fiz com aquarela sobre uma chapa de papelao. O felino todo bronzeado, num momento de tranquilidade. Eu exorciso o desconforto que muitas vezes e´ a minha vida atraves das minhas criaçoes. Nao consigo nao faze-lo. As tres estaçoes restantes, nunca mais encontrei tempo nem inspiraçao para fazer. Quem sabe um dia.... 

quarta-feira, 26 de maio de 2010

O VAMPIRO

O editor me passou um e-mail pedindo um sketch para uma historia de vampiros.O conto segue anexo. Ok, eu disse, mando esta tarde mesmo. Li o texto. Muito bom. Uma editora (nao sei qual),esta apostando em novos escritores do genero terror. O trecho que selecionei mostrava o vampiro dialogando com seu lacaio. Sobre a mesa, em cima de um livro, jazia um gato morto, com a garganta dilacerada. "Voce acaba de testemunhar a morte de um deus".dizia o chupador de sangue. Ele continuou sua explanaçao dizendo que no egito antigo os gatos eram considerados deuses e bla bla bla. O felino em questao era o gato bisbilhoteiro do capitao. Isso mesmo, eles (tal qual Dracula) viajavam num navio rumo a Inglater... nao, Inglaterra nao, Brasil, porto de Santos, se nao me falha a memoria.    Fiz um esboço, aquarelei rapidamente a ideia e enviei. A arte, claro, foi recusada. Acharam o vampiro muito caricato. Bem, desta vez tive que concordar. Mas era esta a minha ideia. Todas as ilustraçoes pra este genero de literatura sao serios demais. Gostava do tempo do Bernie Wrightson na Warren. Bons tempos que nao voltam mais.

terça-feira, 25 de maio de 2010

ALIENISTA 2

Alo meus queridos, boa noite a todos. Ainda nao tive tempo de comprar um teclado novo, por isto voces (os que tem paciencia , e claro) continuam lendo estes textos sem a devida pontuaçao. Tempo e´um eufemismo pra falta de grana, mas ele anda escasso mesmo, estou tendo que trabalhar ate alta madrugada pra ver se estas ilustraçoes nao atrasam tanto. A consequencia disto e que passo o dia cansado, fazendo as coisas morosamente, em camera lenta. Mas mudemos de assunto, fiquei sabendo hoje que um ilustrador mineiro muito fera, esta quadrinizando o conto Clara dos Anjos do Lima Barreto. Uma otima noticia uma vez que mais um quadrinho de qualidade vai despontar brevemente nas livrarias. Toquei neste assunto porque este conto, e um dos sete livros que terei o prazer de ilustrar pra Editora Construir.
Grande Lima Barreto, acho que esse cara teve o azar de nascer no tempo errado, ou no pais errado.
Longe de mim me comparar, quisera eu desenhar na mesma proporçao que ele escrevia, mas sinto uma grande identificaçao com ele. Esse cara, um dos maiores cronistas do seu tempo na minha opiniao, nunca teve o reconhecimento do publico ou critica, por mais esforço que fizesse. Pelo que sei nem concessoes ele pode fazer, pois nunca deram a ele esta escolha. Muita gente atribui isto a cor de sua pele, ou melhor dizendo a sua miscigenaçao, pois ele era mulato. Nao sei se e´so isto nao. Penso que muitos caras tem um tipo de arte que nao e compreendida por seus contemporaneos, senao vejam o exemplo do Augusto dos Anjos....Ah, tem muitos casos,o poeta Cruz e Souza e tantos outros que sequer sao conhecidos do grande publico. Lima Barreto vivia pedindo dinheiro emprestado, alcoolatra, morreu num asilo pra doentes mentais.Triste destino pra alguem tao brilhante.

E pra gente nao terminar a noite deprimido por causa deste assunto, vamos pra mais umas ilustraçoes do Alienista. Espero que gostem.


segunda-feira, 24 de maio de 2010

CAPA DO ALIENISTA.

Esta e´a arte de capa.
Levou mais tempo do que eu previa.
Definitivamente estou ficando mais lento.
A vida segue seu curso.

domingo, 23 de maio de 2010

O ALIENISTA 1

Grande escritor esse Machado de Assis.Nao sei se era um grande cara, desses que voce sente enorme prazer ao receber uma visita, amigo de todas as horas. A mim, se fosse apostar, a julgar pelas obras que o tornaram um icone, eu diria que era destes caras calados, observadores argutos, que no intimo
se julgam superiores ao resto da humanidade.  Nao sei nada sobre Machado, sobre sua vida pessoal.
Claro, sei que era mulato, gago, epiletico, e ha quem diga que era o verdadeiro pai do filho do Jose de Alencar. Mas isso e controverso. Ouvi dizer que aprendeu frances sozinho. Sei la, tendo tanto contra ele, me apetece pensar que nao lhe restava mais nada a nao ser se tornar o melhor naquilo a que se propunha: Ser o melhor a colocar nas letras as situaçoes que vivia ou observava, com humor sutil e fina ironia. Devo estar errado, quase sempre estou. Mas deixemos esta consideraçoes para os especialistas e intelectuais. O caso e´ que me parece que desde que ele completou 100 anos de morto,
parece ter sido redescoberto, principalmente nos quadrinhos. So do Alienista, fizeram  tres ou quatro adaptaçoes. Duas destas sao obras de excelencia.  Eu gostaria muito de quadrinizar dois contos do Machado que nao sao conhecidos do grande publico. Faze-las do meu jeito, traduzindo em traços toda crueldade que eles deixam transparecer. Ei de faze-las um dia, se o Todo Poderoso me permitir.  Enquanto isto nao e possivel, eu me conformo criando ilustraçeos para o Alienista a pedido da Editora Construir. Aqui vao as duas primeiras, as demais ficam para postagens posteriores. Sao duas versoes para a mesma cena. A preto e branco prevaleceu.    
    

sábado, 22 de maio de 2010

LINCES PREGUIÇOSOS

Noite de sabado, amanha e´domingo, e para celebrar o dia do descanso, vamos postar uma arte que retrate esta condiçao. Fiz esta ilustraçao a toque de caixa para uma revista que mostra o passo-a-passo de uma pintura a oleo. A foto que me mandaram como referencia nao estava la´ muito boa,
entao tive que criar em cima do modelo. Caramba, da ate vontade de dormir !

sexta-feira, 21 de maio de 2010

TATOO 01

Negras nuvens se adensam no horizonte, o vento bravio como carrasco, açoita as matas e arvores  que se encurvam em sinal de submissao. Coriscos, como arautos do caos, cortam o negrume dos ceus. Os caes ladram desesperados nos quintais das casas abandonadas. Solitario no meio da tormenta, aguardo a Face Gloriosa do meu Redentor. Que Ele tenha misericordia de mim.
"ELEVO OS MEUS OLHOS PARA OS MONTES.
DE ONDE ME VIRA O SOCORRO?
MEU SOCORRO VIRA DO SENHOR QUE
CRIOU O CEU E A TERRA.
Salmo 121 v. 1 e 2."

Das mais de vinte ilustraçoes para tatuagem que
me encomendaram, so duas estao em minhas maos.
Uma delas,e a que vemos nesta postagem.As demais
foram publicadas numa revista e nunca devolvidas.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

A VIUVINHA

Atualmente estou trabalhando num projeto muito legal. Ilustraçoes de livros de escritores classicos brasileiros...ou seria brasileiros classicos? Ah, sei la, tanto faz. Sao sete livros e estou adorando faze-los apesar do prazo apertado. Ja conclui "O Alienista" do Machado de Assis. Brevemente vou postar estas ilustraçoes aqui, mas hoje vou começar pelo segundo livro que e "A Viuvinha" do Jose de Alencar, a razao disto e que a editora me pediu para fazer algumas mudanças nestas duas artes, entao, antes que eu altere os desenhos, voces ja vao conferindo a concepçao original. Com o tempo se Deus permitir, todos estes traços estarao presentes aqui no blog. Tenham todos uma boa noite. 

quarta-feira, 19 de maio de 2010

A HISTORINHA DA AGUA.

Nunca me senti a vontade trabalhando com material infantil. Acho extremamente delicado, e tem sempre um monte de pedagogo dono da verdade dando pitaco. Geralmente essas pessoas subestimam a inteligencia dos miudos e nao entendem nada de arte.
 Mas indo ao que interessa, recebi uma proposta de criar um gibi educacional para a cia. de aguas aqui de Pernambuco. O empreendimento envolvia criaçao de personagens e tal. Bem, mergulhei de cabeça na ideia e fiz estas quatro modestas paginas e alguns esboços de personagens pra ver no que
dava.   Nao e nada novo, mas achei legal a ideia da propria agua vir defender o seu peixe. Minha concepçao para o programa, era de um gibi de vinte paginas exortando para os perigos do desperdicio e sugerindo formas de se preservar o meio ambiente.Teriamos tambem passatempos e etç.
 As quatro paginas vistas aqui eram apenas um layout do que seria o trabalho como um todo.
Infelizmente, como tantos outros intentos , este tambem nao aconteceu.
Mas se tivesse dado certo provavelmente a personagem agua nao teria tantas curvas,"os donos da verdade" alegariam que nao e  legal pra molecada ou que  ela e muito agressiva em suas argumentaçoes.Ou sera que eles estao certos?

terça-feira, 18 de maio de 2010

CASA VELHA

Esta arte tambem foi criada para um destes cursos de desenho passo-a-passo. Quando me pediram um casario,nao me fiz de rogado, aproveitei pra viajar na cena. Casa, numa situaçao destas nao pode ser moderninha, tem que estar numa floresta sombria, caindo aos pedaços, cheia de fantasmas se possivel.
Apesar de ter feito o desenho, eu nao passaria a noite num lugar destes. Voce passaria? 


segunda-feira, 17 de maio de 2010

LISTRAS

Esta arte foi feita para uma revista de desenho passo-a-passo que ainda nao foi para as bancas (eu acho). Ha uma versao dela a lapis, seria legal ter as duas lado a lado pra efeito de comparaçao, mas nao consegui acha-la no meio da minha bagunça.Como de praxe,quando eu nao estiver mais precisando dela, ela vai aparecer.

domingo, 16 de maio de 2010

PROCURA-SE...

...lula gigante, linda e sensual para servir de modelo para um artista que gosta muito de Julio Verne e adoraria ilustrar um de seus livros. As lulas gigantes que preencherem esses requisitos podem enviar mensagens para este blog.
A aquarela que voce confere neste post foi um teste que me pediram para 20.000 leguas submarinas.
Ela foi recusada porque acharam "o polvo muito feio".O nome da editora? Deixa pra la. Melhor omitir. Na boa, nem fica bem um velho como eu, que ja viveu dezenas de situaçoes assim com diretores de arte, ficar de queixumes e comentarios mordazes. 
 Pensando bem,acho melhor nem utilizar lulas como modelo, sao vermelhas e podem pensar que tenho alguma filiaçao politica. Argh!

sábado, 15 de maio de 2010

HEROIS DA MINHA INFANCIA 01 (O ESPIRITO QUE ANDA)

O Fantasma sempre foi muito especial pra mim. Foi ele quem deu brilho a minha infancia. Me recordo de um livro grandao editado pela EBAL,que continha contos ilustrados e uma unica historia em quadrinhos.O curioso desta ediçao e que a cor do uniforme dele nos contos era roxa enquanto na hq era vermelha. Aquilo me deixou confuso. Era o ano de 71 ou 72 ,eu devia ter uns 9 anos. Me lembro que no caminho para o colegio,que se situava proximo a Praça Julio Prestes, onde ficava a antiga rodoviaria, eu parava em uma banca de jornal e folheava os gibis do heroi, algumas ediçoes eu lia uma ou duas paginas por dia ate completar toda a aventura, pois nao tinha dinheiro pra comprar. Eram revistas de um formato quase quadrado, em preto e branco,com desenhos do Wilson McCoy, se nao estou enganado. Nao sei qual era a editora (alguem sabe?), nao creio que fosse a EBAL.  
Acompanhei o Fantasma depois disso nas ediçoes especiais do Gibi,  posteriormente nos titulos da RGE, ate o seu casamento no ano de, sei la, 77 ou 78. E assim que gosto de mante-lo na memoria. Desconsidero o que veio depois. Para mim o Espirito Que Anda , e´ um heroi datado. Nao curti o desenho animado ao lado do Flash Gordon, nao curti o filme com o Billy Zane e principalmente esta nova proposta do Alex Ross.
As artes deste post eu fiz para minha propria satisfaçao.   O unico que foi publicado foi este em que ele aparece ao lado do Ze Gatao. Fiz a pedido do editor da Opera Graphica para um album que homenageia os 70 anos do personagem. 70 nos? Com toda esta vitalidade? Realmente o Fantasma nao morre nunca. 

ECOLINE

Atire a primeira pedra aquele que nunca usou material ou equipamento da empresa em que atuou para fazer um trabalho pessoal. Que?!? Voce nunca fez isto? Putz, entao eu devo ser o unico! Foi assim, eu sempre tive vontade de trabalhar com ecoline mas este produto era caro demais (nao sei se ainda e) ,nunca pude comprar. Durante quatro anos atuei como desenhista numa empresa em Brasilia e la no departamento de arte, aqueles vidros de ecoline ficavam olhando pra mim como quem olham para um abismo,implorando pra serem usados,para cumprirem a funçao para a qual foram criados e eu resistindo a tentaçao.Perguntei para o meu chefe quando iriamos usar o ecoline e ele displicentemente respondia que um dia qualquer quando houvesse uma arte em que ele fosse necessario. Obviamente aquilo nunca ia acontecer pois o maximo que eu fazia era ilustrar apostilas, criar cartazes , folders e mala direta. Nunca criava um desenho artistico pra valer. Certa tarde, sozinho na sala ,nao suportei mais e parti pra cima do ecoline. Foi com roupa e tudo. Bem, o resultado da travessura foi a arte que voce confere nesta postagem.Foi divertido e ao mesmo tempo desafiador, um tanto complicado devo admitir.O rosto do tiozinho foi feito com guache, no total acho que levei uma meia-hora pra terminar. Foi a unica vez que usei esse material. Senti que por isso merecia registro.


sexta-feira, 14 de maio de 2010

Zé Gatão 01

Normalmente as historias curtas,eu faço pra relaxar entre trabalhos longos e estressantes. Do Zé Gatão eu tenho várias.Eu gostaria de um dia poder reuni-las todas num album, mas vejo esta possibilidade cada vez mais remota.Sei lá, pode parecer muita presunção da minha parte, mas me vejo com uma espécie em extinção. Na maioria das vezes crio minhas hqs motivado pela emoção, pode até mesmo ser uma historinha nonsense como esta. Não lembro bem o período em que a criei ou o acontecimento cotidiano que a motivou, o certo é que ela trata de necessidade, urgência e pressão no trabalho.  

Zé Gatão 01

Zé Gatão 01

Zé Gatão 01

Zé Gatão 01

quinta-feira, 13 de maio de 2010

EIS-ME AQUI.

Primeiramente algumas palavras.Sei que discurso inaugural nem tem a ver com blog (pelo menos eu acho que não) e costuma ser muito chato. Bom, eu tenho a fama de chato, entao devo zelar pela minha reputação. Mas,sei lá , acho que a minha megalomania tende a dar a tudo,uma dimensão maior
do que é na verdade. E antes que você pense que não sei pontuar um texto, devo lhe informar que meu teclado nao e de hoje que me faz passar vergonha.
Mas,o que eu queria dizer, e que relutei muito em criar um blog , pra começar nem sei como se faz um , este aqui eu estou fazendo sozinho, na base do erro e acerto.Se não estou errado, ele funciona como uma espécie de diário onde todo mundo tem acesso.Isto não me deixa confortável.
Minha insegurança como desenhista , me constrange sempre que sou obrigado a submeter meus trabalhos para avaliaçao. Acho que isto explica em parte porque demorei tanto, ademais,a net, como
enfatiza meu amigo Julio Shimamoto,e gatuno de tempo, e eu ando atolado de trabalho pra pagar as contas (felizmente). Se e pra fazer, que seja bem feito,seria chato ficar meses sem postar nada como alguns blogs que costumo visitar. Mas pretendo ser bastante frequente.
Mas enfim, criei vergonha na cara.Aqui estou pra exposiçao e julgamento.Vamos falar um pouco de arte, mostrar alguns trabalhos, principalmente aqueles que nunca foram publicados.Pra que deixa-los amarelando nos envelopes dentro das mapotecas , nao é verdade?
Dito isto, a vocês que me visitam ,deixe o seu comentário,elogio ou crítica.Vou tentar responder na medida do possivel. Volte outras vezes, se temos um caminho a nossa frente e menos solitário se trilharmos juntos.
Bem, acho que esta bom pra começar, ja falei muito.Com certeza vou me lembrar de algo importante depois que eu postar, mas fica pra uma outra vez.
É bom estar aqui. A você que teve paciência, meus sinceros agradecimentos.