Total de visualizações de página

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

MAIS UM POUCO DE MACHADO.



Todos sabemos que com a chegada do fim do ano as atividades, mesmo as mais corriqueiras, se multiplicam, as ocupações se intensificam de tal modo que temos que fazer escolhas, priorizar nossas ações de forma que mesmo aquelas que nos perecem muito importantes ficam relegadas a segundo ou terceiro plano. É o caso deste blog. Com o tempo fui adquirindo um carinho todo especial por ele, pois além de ser um bom veículador da minha arte, eu o uso como uma espécie de diário onde posso transmitir através das minhas pobres letras muito do que me vai pelo interior da alma. Mas pelos motivos já explicitados acima, sou obrigado a abandona-lo, assim como a maioria dos meus projetos pessoais, retomando de quando em quando, a espaços cada vez mais largos, quando me forço a faze-lo. E desta feita o blog vai sobrevivendo, da mesma maneira que, a conta gotas, minhas artes particulares vão ganhando formas e cores.
Hoje eu deveria postar relatando como foi a minha participação no evento de quadrinhos que se realizou na Paraíba, mas como se trata de um texto longo, vai ter que ser adiado.

Os desenhos de hoje foram criados para "Memórias De Casa Velha" de Machado de Assis.

Um cheiro para as damas e um vigoroso aperto de mão para os cavalheiros. Até a próxima.


2 comentários:

  1. Fala, Eduardo! Andei vendo fotos de sua participação na Top Top. Muito bacana! Acabei perdendo o link, mas assim que folgar um pouco por aqui também, linko no blog. Bom final de semana,
    Abração,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A única foto que vi, eu tirei ao lado do Beto Potyguara, e como sempre eu fiquei parecendo um bandido procurado pelo FBI. Agora entendo porque o chato do Lou Reed filtra as fotos dele que sairão nas revistas.
      Se tiver o link com novas fotos e me passar eu agradeço.
      Realmente não está dando pra esfriar a cabeça e postar mais demoradamente aqui, mas assim que der coloco minhas impressões.
      Abração, Gilberto, e obrigado.

      Excluir