Total de visualizações de página

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

MEIO SÉCULO.



Hoje completo cinquentinha (assim, no diminutivo mesmo, acho que minimiza o peso que isto possa ter).
Todos sabem que não curto postar fotos ou qualquer tipo de exposição sobre minha pessoa, todo espaço deve (ou deveria) ser dado à minha arte, mas 50 anos é interessante de se comemorar, então deixando alguns conceitos de lado, vamos apagar as velinhas.

Beijos a todos.


13 comentários:

  1. Bom, como já te felicitei hoje no FACEBOOK, umas perguntas... costuma desenhar ouvindo música? Ou também curte o silêncio, como se fosse uma meditação? É que notei o aparelho na mesa (1° foto).
    Hã... isso pode depender do estado de espírito e do humor. Não concorda?

    Ultimamente, ando escutando muito BEATLES, porque agora, tenho todos os álbuns! Pra minha alegria!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beatles? Então nem preciso dizer mais nada. Beatles é tudo de bom.
      Sabe, quase sempre ouço música enquanto trabalho, me ajuda. Mas há ocasiões em que prefiro o silêncio. Como você disse, depende do humor. Tenho ouvido muito Alan Parsons Project nos últimos tempos.
      Abração e obrigado.

      Excluir
  2. Grande Eduardo!

    Não tenho comentado nos últimos meses, mas sempre leio o seu blog, amigo! Parabéns pela data marcante, ficam aqui meus votos sinceros de um feliz aniversário, e de uma vida longa, e com muitos aniversários cheios de coisa boa pra comemorar nos anos que virão!

    Abração,
    J.

    ResponderExcluir
  3. Jaaaaaaaames!!!!! Quanto tempo meu amigo, suma não, cê faz falta!
    Muito obrigado pelos seus votos, infelizmente meu tempo também ficou tão curto que não pude mais visitar os blogs que constam aqui na minha página, inclusive o seu. É a vida e sua voragem.

    Mas me diga, soube que saiu o Memento Mori? A continuação chega entre fevereiro e março, se não adiarem de novo.

    Tudo de bom também pra você também, em grande quantidade.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  4. Felicidades! Você ainda não chegou nem a meio Niemeyer, mas merece os PARABÉNS!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Eduardo! Reproduzindo aqui a resposta que deixei tb lá no meu blog, sobre o download do Hal Foster: "É Free, Eduardo. Vc têm que selecionar o tipo de download, no caso "Download regulares". Vai aparecer uma janela Pop-up de propaganda, mas, na principal, vcoê verá um contador regressivo. Aí aparece aquelas benditas letrinhas pra digitar. E é liberado. Boa sorte".
    Grande abraço,

    ResponderExcluir
  6. Oi, Eduardo! Venho aqui lhe dar os parabéns atrasados e dizer que foi muito bacana poder ter te conhecido pessoalmente, em João Pessoa.

    A propósito, li o seu quadrinho inaugural do Zé Gatão (A cidade do medo) e é muito bom. Sua decisão de não alterar seu desenho e conceitos originais foi acertada, pois o trabalho demais retocado perde sua espontaneidade, principalmente quando se apresenta o "filho recém-nascido" para o público. Além disso, é bom o artista ver o quanto ele evoluiu.

    Realmente quem apenas folheia seus quadrinhos, como eu havia feito até então, foca apenas a parte mais "carnal", sem saber como você emprega discussões existencialistas interessantes ao longo da trama (o que me remeteu ao Gato Fritz, do Crumb).

    Vou comprar a edição da Devir e torcer para que eles publiquem o segundo volume.

    Sua arte em preto-e-branco está cada vez mais saltando aos olhos.

    Um abração,
    Milena Azevedo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, Milena! Muito obrigado por suas gentis palavras. Espero que o "Crônica Do Tempo Perdido" também tenham lhe agradado, apesar do alto índice de violência.
      Sabe, costumo dizer que um dos meus sonhos é ler uma obra de minha autoria sem me sentir constrangido, ao folhear meus álbuns antigos eu só consigo ver defeitos.

      Também gostei muito de ter te conhecido, ficará para sempre em minha memória. Precisamos nos encontrar em outros eventos para falar sobre hqs e seus loucos autores.

      A propósito, li seu parecer sobre o evento (Top! Top!) no seu blog, só não deixei comentário por que não consegui me cadastrar, ando com problemas no meu navegador, aliás no meu pc inteiro.

      Abração e sucesso nos seus projetos.

      Excluir
  7. Quero chegar aos cinquenta assim!^^
    Adoro sua arte.
    Takamura do blog: Tatsu Estúdio

    ResponderExcluir
  8. Aos 50 assim e com um pouco mais de grana seria o ideal, hein Takamura!
    Brigadão, cara.
    Abração.

    ResponderExcluir
  9. Hei, Takamura, um pouco mais de grana, quis dizer no meu caso, ok?

    ResponderExcluir