Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS ( 06 ).

Ouço neste exato momento "Someday Never Comes" com o Creedence, muito apropriado para os dias deste ano. Pensando bem, para todos os dias da vida.

Uma pausa no segundo livro de anatomia para escrever estas palavras e descansar um pouco a mão de tanto segurar no lápis, não só a mão, mas todo o braço (e podemos acrescentar a cabeça). Parece que trabalho neste material a anos, foi assim com a biografia do Edgar Allan Poe também, não, parando pra pensar, nem se compara, o Poe levou por volta de seis anos para ter suas 160 páginas prontas. Soube recentemente que o Lucchetti passou dois anos escrevendo o roteiro. Puta merda! Espero que não leve agora 10 anos para ser publicado! Segundo soube, algumas editoras mostraram interesse no material, mas as condições deles não são muito satisfatórias para nós. Decidimos esperar a atual crise passar e ver se no que dá. Publicar quadrinhos no Brasil é isto mesmo, tem que ter paciência.

Não sou muito habituado a ler mangás mas dei início à série em 18 volumes de Monster" do Naoki Urasawa, agora que o irmão caçula da Verônica completou a coleção. Na verdade eu já tinha lido uns sete tomos mas interrompi por algum motivo e achei melhor só retomar quando estivesse concluído. Comecei do número um e como minhas leituras agora são nos breves intervalos de minhas tarefas vai demorar um tanto até que acabe tudo.

O mesmo acontece com o Dom Quixote, leio um pouco cada vez que posso e sempre fico impressionado como ele consegue aguentar tanta porrada, não só ele mas também o escudeiro. Personagens fascinantes!

E assim vamos tocando o barco, tentando remar em meio às corredeiras.


Mais uma imagem de Brás Cubas.

Nos vemos semana que vem? Eu espero vocês, se Deus quiser.

4 comentários:

  1. Oi, Schloesser! Eu tinha certeza de que as editoras se interessariam. São três mestres juntos. Tem tudo pra vender bem. A crise está afetando o país inteiro, mas vai passar. Já vimos piores. Parabéns pelo desenho e por se aventurar na leitura de mangás, algo que ainda não tentei. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Carla, por sua visita, comentário e elogios. Vou acabar acreditando de verdade que sou "mestre", hein! Curiosamente eu falava por e-mail com um agente/editor e também artista, amigo que tenho em comum com o Lucchetti, que eu era a parte menor do trio reunido nessa obra, ao que ele respondeu que para as editoras onde ele levou o projeto para mostrar, o que chamava a atenção de imediato não era o biografado nem o roteirista, mas a arte. Fiquei inchado por uns instantes. Vamos aguardar e ver no que vai dar.

      Dizem que tem muito mangá bom por aí e os que li, gostei muito. Acho o máximo as histórias de samurais como Blade e lobo Solitário e também algumas de terror, O legal do material japonês é que embora as sagas tenham vários volumes elas tem começo, meio e fim.

      Quanto a crise, vai passar sim, queira Deus, mas as previsões são de que vai demorar um tanto ainda.

      Grande abraço.

      Excluir
  2. Nada tanto assim, Josean, mas agradeço de montão!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir