Total de visualizações de página

domingo, 1 de janeiro de 2017

A ESCRAVA ISAURA ( CENA 2 )


Então é 2017. Uma das minhas metas este ano é lutar contra a dispersão, um mal que sempre me atinge e prejudica. Nunca administrei direito o meu tempo, sou falho demais, preguiçoso além da conta. A muitos anos eu sofro de um problema na bexiga que a maioria das pessoas próximas a mim acham que é uma mania (alguns médicos consultados são da mesma opinião), vou com muita assiduidade ao banheiro para mictar. Algumas noites são complicadas, acordo até umas quatro vezes para urinar, em resultado disso passo os dias cansado por não conseguir dormir direto as horas necessárias e isso atrapalha a minha produção. Os exames realizados nos últimos anos revelaram minha próstata inchada, o que é comum após determinada idade (não há evidências de tumores por enquanto). Isto justificaria as minhas frequentes idas ao banheiro, mas não sei, sou assim desde que tinha meus vinte e poucos anos. Acho que esta perene sensação de fadiga não se deve apenas às noites mal dormidas, mas ao stress cotidiano. As coisas no país não andam bem, na verdade não andam nada bem no mundo inteiro. Mas não foi sempre assim? Hoje está pior? Ou seria apenas o fato de que ficamos sabendo das desgraças no mesmo instante em que elas acontecem? Consequentemente tais fatos tornam-se banais (seria a isto que o mestre Jesus se referiu dizendo que no final dos tempos o amor de muitos se esfriaria?) mas fica registrado no subconsciente e isto vai minando-nos dia a dia ( é o que penso, pelo menos).
A correnteza é muito forte e eu não sou ingenuo de achar que o novo ano será melhor que o anterior, as águas me empurram para o abismo e eu preciso remar para achar uma via de saída, minhas ferramentas para tanto é a fé no Altíssimo, saber que tudo está sob Seu controle e que não devo desanimar, o trabalho sempre bem feito e profissional e  manter o coração puro para não me corromper com esta geração perversa, não ser como eles, não fazer coro aos brados dos tolos. Sou muito fraco e isto demanda uma energia cada dia maior, mas não posso e não vou desistir. Estas sempre foram as minhas metas e eu as renovo para este tempo que enfim começa.

Para esta primeira postagem de 2017 mais uma cena de Escrava Isaura.


Um feliz Ano Novo a todos!  Eu agradeço a todos vocês por estarem aqui comigo diariamente.

6 comentários:

  1. My friend Eduardo, you are not alone in this fight. We all have problems in our lives. It is important to believe in friendship and not give up. Together, all problems and worries are easier to bear. I wish you health, love and good friends for this year.
    Hug and Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Your words are always encouraging, my friend Mira, give me much strength and determination to continue the fight. Thank you very much.

      Big hug.

      Excluir
  2. Não sei o que esperar deste novo ano, mas vamos fazer o possível pra que seja memorável. Até breve meu caro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em parte depende de nós, outra, do fator sorte para que os ventos soprem favoráveis. Não deixemos de acreditar e tudo vai dar certo.

      Até breve e um abraço, meu amigo.

      Excluir
  3. Salve, Schloesser! Este ano decidi escolher sabiamente minhas batalhas. Pelo menos vou tentar. Conseguir são outros quinhentos. :) Desejo sucesso a seu projeto antidispersão e muita paz, saúde e sorte pra você, pra Vera e pra todas as pessoas legais que lhes dão força. Feliz 2017!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também espero conseguir levar a cabo minhas determinações, Carla. Retribuo seus votos desejando o dobro para você e sua família. Obrigado por sua amizade e grande abraço.

      Excluir