Total de visualizações de página

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

HIDRA.


Boa noite, amadas e amados, estou um pouco distante deste nosso espaço. Tenho tido vontade de colocar aqui mais algumas memórias e idéias sobre este pobre mundo louco, mas não tenho conseguido tempo e a devida paz de espírito para faze-lo. Nada demais, são coisas do dia-a-dia, os velhos dragões de sempre, só que antes me parecia que a cada cabeça cortada surgia duas no lugar, agora são quatro substituindo aquela decepada. Nada a fazer senão tocar a vida com honra até o dia derradeiro.

Esta semana dou início a uma nova literatura infantil. O interessante é que alguns dias atrás eu reivindicara da editora um aumento no valor das ilustrações, uma vez que o mesmo preço é cobrado a pelo menos quatro ou cinco anos. Para minha surpresa reduziram o valor em 300 reais. Liguei para saber o porque e me responderam que a verba destinada às artes dos livros agora é menor. Isto porque uns desenhistas de São Paulo, que estão trabalhando por um valor bem reduzido, resolveu "quebrar" o mercado.
Tudo que posso fazer é engolir seco e sem água e continuar a produzir o melhor que possa na esperança que  um novo caminho surja ou que este quadro mude.

A ilustração abaixo faz parte de "Memórias Da Casa Velha" do Machado de Assis, e reflete bem o que vai pelo meu interior.

2 comentários:

  1. Fala, Eduardo! Rapaz, que chato esse lance das ilustrações. Como sabe, ainda não entrei totalmente na área da ilustração. Trabalho com gráfica e outras coisas, (embora já tenha feito algumas capas de livro). Também na área gráfica, a concorrência por preços é matadora. Se a gente bobear, paga ao cliente para fazer o serviço. Recentemente vi umas palestras sobre vendas e uma delas focava nisso: há várias formas de concorrência e concorrer por preço é uma delas, mas quase sempre não a mais inteligente. Quebra o mercado e nivela todos para baixo.
    Espero que você não desanime e continue buscando alternativas. Acho que é importante ter fé.
    Desculpe se escrevi demais,
    Abração,

    ResponderExcluir
  2. Não escreveu demais não, brother, o que cê falou é a mais pura verdade. A pouco li um artigo enviado pelo meu irmão por e-mail que falava um pouco sobre tudo isto, sistema de livre mercado, as turbas de ocupantes de Wall Street, seus aliados na mídia se nos círculos políticos, enfim tudo o que engloba o esquema capitalista. Fazemos o melhor, não porque somos bonzinhos, mas porque queremos suprir uma demanda recebendo o que é justo por isto. Até que aparece um que quebra o elo da cadeia, e aí, meu amigo, nos vemos em certas situações nada confortáveis.
    Mas não se preodupe, continuamos no jogo.
    Abração.

    ResponderExcluir