Total de visualizações de página

quarta-feira, 4 de julho de 2012

PÃES E GIZ DE CERA.


Um amigo e editor de São Paulo me enviou uma pequena foto por e-mail e pediu-me um desenho passo a passo com a técnica de pintura com lápis cera, ferramenta de trabalho que nunca uso. Quando mais jovem eu me aventurava nestes materiais, digamos, alternativos. Fiz algumas ilustrações com giz de cera, mas não me empolgou, de forma que nunca mais fiz nada com eles. Eles não permitem detalhes como estou acostumado, nem o degradê que tanto me atraem em trabalhos coloridos. Mas de qualquer forma o resultado fica interessante, esta com cores quentes me satisfez.
Estou pensando numa série de desenhos com um tema que tenho na cabeça, como envolve cenas violentas talvez sejam melhor retratadas aos borrões, para isto, notei que o giz de cera parece ser ideal. Quem sabe? Na ocasião, veremos.


2 comentários:

  1. Fala, Eduardo! Ficou bacana, apesar das limitações do material, como você mesmo disse. Abração,

    ResponderExcluir