Total de visualizações de página

domingo, 30 de abril de 2017

A ESCRAVA ISAURA (CENA 07).


Amadas e amados, o cansaço é extremo. Não posso me delongar aqui. Estou nas etapas finais de uma HQ que era pra ter ficado pronta a uns meses atrás. Existem trampos que são muito acidentados, o que atrasou todo o meio de campo nessa fase derradeira foi a minha lesão na lombar, seguida de uma outra enfermidade logo na sequência (lendo a postagem anterior nem parece que já faz pouco mais de uma semana que fui ao pronto socorro!). Estou bem melhor, felizmente, mas ainda sinto dores se passo mais de uma hora na prancheta, quando me levanto os músculos costais da minha parte média do corpo ardem horrivelmente, refletindo nas minhas pernas, depois de uma caminhada pela casa já não sinto mais nada. Minha bexiga ainda me  avisa que tenho que procurar um especialista no assunto, mas para tanto eu preciso de dinheiro e, dinheiro...bem, existem algumas formas de conseguir, a única que conheço é trabalhando. Por isto, tenho que ignorar o desconforto, a ardência na vista, a dor na mão, o cansaço das longas horas na mesa e seguir em frente, fazendo a única coisa que presto para fazer: tentar dar formas e vida através de traços e cores na superfície do papel.

Sabem, eu odeio muitas coisas, uma delas é trabalhar sob pressão, cobrança. Eu preciso de tempo para achar a forma correta, a expressão adequada, o gestual que acompanhe o texto, a luz precisa que trás a atmosfera que imagino provocará uma reação no expectador, pode ser que tudo seja uma ilusão paranoica e megalomaníaca da minha cabeça doente, mas é como eu sinto que devo fazer o meu trabalho. Mas eu entendo que existem prazos a cumprir, outros envolvidos tem suas agendas e suas datas, pois se depender de mim eu risco e apago o desenho mil vezes até encontrar o que imagino ser a nota certa. Sou um profissional e vou entregar o que prometi até amanhã no final da noite, mas dificilmente minha alma estará inserida neste material por mais bem desenhado que fique.

Isto posto, me despeço de vocês agradecido a Deus por ter me concedido mais uma semana de vida e produção.

Fiquem com mais uma imagem do clássico a Escrava Isaura (recordando que nestas ilustrações eu usei apenas pincel na finalização),

Abraços para os gatões e beijos nas gatinhas.

Fui.


2 comentários:

  1. Ainda bem que você procurou ajuda, Schloesser! Nós aqui estávamos preocupados que, se você demorasse demais a se tratar, a dor se tornasse crônica. Foi um médico que nos alertou sobre esse risco. Ele estava meio zangado comigo por demorar a procurá-lo. Agora já estou legal e logo você vai estar também. Parabéns pelo desenho e por terminar a HQ mesmo em meio a tanto sofrimento. Melhoras!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Carla! Fico sinceramente sensibilizado com a preocupação de vocês. Faz eu me sentir querido.
      Os problemas não findam, mas temos que ter forças para superá-los, não é?
      A HQ foi entregue, agora é esperar para ver onde e como será publicada,

      Seguimos lutando.

      Grande abraço.

      Excluir