Total de visualizações de página

domingo, 15 de julho de 2018

AMOR POR ANEXINS E OUTROS CONTOS (03).

Caríssimos e caríssimas, boa noite!
O pouco tempo de hoje não me permite uma postagem mais longa, certas memórias terão que ficar para a semana que vem ou ainda, além. Veremos.

Mas para não dizer que não há nem um registro do meu passado, hoje, nem sei porque*, me lembrei de algo que nunca mais tinha me ocorrido, durante o tempo que morei no Rio de Janeiro, para ganhar uma grana extra eu pintei emblemas de time de futebol, eram uns quadros executados a guache sobre papel camurça preto, dava um efeito interessante, cheguei inclusive pintar paisagens, cavalos e temas religiosos com  esta técnica para vender aos domingos em feiras de arte nas praças da Cidade Maravilhosa (para mim nunca teve nada de maravilhosa).
Os emblemas dos clubes de futebol faziam sucesso, eu sempre tinha encomenda e cobrava um preço legal, tem muito fanático por time no Rio, acho que em São Paulo também, mas nunca fiz de um time paulista, pelo menos não que eu me lembre. Fazer o Flamengo e o Vasco não era problema, complicado era o do Fluminense, pelo menos demorava mais. Pena que não ficou nenhum registro, sequer uma foto, destas minhas incursões. Rememorando hoje, parece que foi uma outra vida.


A arte de hoje é mais uma imagem do livro de contos do Artur Azevedo.

Beijos a todos e até a próxima, querendo Deus!

*Já li várias vezes a aplicação do "PORQUE" junto e separado, com acento e sem acento e nunca me lembro, então, me perdoem.

4 comentários:

  1. Acho que a última ilustração (de retratos) que me encomendaram em tamanho grandão (numa cartolina), foi em 2010.
    Ultimamente, só tenho feito em tamanhos A4 e A3, seja com lápis ou nanquim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale de retratos encomendados, Anderson, já fiz uns tantos ao longo da minha vida e foram autênticos pesadelos.

      Excluir
  2. Guache sobre papel camurça!? Nunca imaginei que uma combinação dessas funcionasse, Schloesser. Se, por milagre, você encontrar algum trabalho desses por aí, perdido, posta pra gente ver como é. Parabéns pela ilustração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só por um milagre mesmo, Carla, isto faz séculos, mas seu reencontrar alguma eu posto, sim. Aprendi esta técnica com um amigo militar que gostava de pintar em suas horas vagas.
      Obrigado!

      Excluir