Total de visualizações de página

terça-feira, 4 de novembro de 2014

O GOLEM



Semanas atrás eu divulguei aqui o curta metragem do Cláudio Ellovitch, o PRAY, lembram? Bem, o referido filme foi o vencedor do festival em Londres ( http://entrementes.com.br/2014/10/curta-brasileiro-de-terror-pray-ganha-festival-internacional/?fb_action_ids=589505451155120&fb_action_types=og.likes ). Parabéns a ele, mais que merecido. Como ele mesmo ressaltou em sua página no Facebook, conseguiu mais oportunidades e apoio em outros países do que em sua própria terra.


Ele me procurou tempos atrás e me convidou juntamente com o ciberpajé, Edgar Franco, para juntos trabalharmos no álbum em quadrinhos "O GOLEM", baseado na obra de Gustave Meyrink. Ele inscreveu o projeto no Proac deste ano mas não fomos aprovados. Pena. Talvez não fosse pra acontecer mas eu fiquei desapontado, contava com este trabalho para, após o encerramento do Poe, dar continuidade com os quadrinhos, pois se não estiver atado a um compromisso não sei se farei novas hqs. Quem sabe? O Golem seria tremendamente desafiador. Bem , por outro lado não sei se teria energias para dar conta do trampo, cumprir o prazo e essas coisas. O Cláudio já afirmou que não vai abandonar a empreitada e pretende ir atrás de algum outro patrocínio no devido tempo.
Bem, veremos o que nos aguarda no futuro.


Esses foram os estudos de personagens que fiz para podermos nos inscrever no Proac, são arcabouços, ainda teríamos que definir melhor o estilo a ser adotado na hq, buscaríamos algo mais perturbador no traço.


Esta semana não sei se conseguirei voltar aqui para falar com vocês, tá tudo muito corrido.


Até a próxima.




4 comentários:

  1. Independente do que acontecer com este projeto daqui pra frente, não pare nunca com as HQs, Eduardo. Não deixe o sistema tirar nada de você, muito menos o principal veículo da sua criatividade. Dias melhores virão.
    Abraço,
    C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela força e incentivo, meu amigo. Sabe, espero mesmo que as coisas melhorem, senão, sei lá. A verdade é que não há como eu parar de fazer hqs, mas não há como faze-las visando publicação e retorno de público, teria que ser para minha própria satisfação, o que não parecer fazer muito sentido, fica parecido como um Kafka que cria e depois pede para que os escritos sejam queimados e essa loucura toda.
      Mas independente deste projeto em particular ainda espero que trabalhemos juntos em alguma coisa.
      Um abração.

      Excluir
  2. Schloesser, essa HQ do golem tem que sair. Os golens são um tipo de precursores do Frankenstein. Gosto demais deles. Além disso, os desenhos estão muito bons. Parabéns ao Cláudio! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como o próprio Cláudio me falou, Carla, sem dinheiro não há como dar vida a essas ideias, infelizmente. Vamos ver o que nos aguarda o futuro, se a oportunidade se apresentar vamos criar este álbum, sim. Eu pelo menos estou cheio de ideias para ele.
      O Cláudio vai ler suas palavras aqui.

      Grato e um abraço.

      Excluir