Total de visualizações de página

sexta-feira, 27 de março de 2015

POE (IMAGENS E ESBOÇOS).



Fecho os meus olhos. Respiro fundo. Procuro lá no íntimo a calma em meio à tormenta.
Hoje estou oficialmente desempregado. Talvez ainda venha A Escrava Isaura para ilustrar. Talvez. Depois disso, só Deus sabe. Faltavam cinco livros para fechar a coleção de clássicos brasileiros e embora o que me pagavam estava longe de ser o ideal, é o que mantinha a maioria das minhas contas em dia. Disseram que o break é momentâneo. Já conheço o filme. Há recessão em todo lugar.
O mercado encolheu muito nos últimos dois, três anos. Onde bato só encontro portas fechadas. Mas não esmoreçamos. Não existe emprego apenas de desenhista.


Enquanto esperava pelos livros que não virão, eu trabalhei no projeto Edgar Allan Poe da melhor forma que pude. Falta bem pouco agora para a conclusão. Dedicando-me a ele, não criei nada para mim, nem sequer um daqueles rabiscos à caneta  nos meus caderninhos. Espero que os frutos de todo este esforço não sejam ácidos, mas doces e saborosos. Vamos torcer pra eu acabar esta jornada logo, preciso urgente encontrar outro caminho.

Beijos a todos e bom fim de semana.






4 comentários:

  1. Eu acredito nessa bio do Poe, Schloesser. Vai dar certo. Os desenhos estão incríveis. Aproveite esse intervalo, enquanto a Isaura não vem, e termine o projeto. Claro que você também pode procurar trabalho em outras áreas, mas seria uma pena abandonar o Poe inacabado. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Poe segue sendo febrilmente trabalhado sim, Carla. Só não vou terminar se o pior acontecer. Acho que nos próximos dias darei a notícia do encerramento deste projeto aqui.
      Obrigado pela força e um grande abraço.

      Excluir
  2. Força sempre, Eduardo! E na torcida pela vinda de dias melhores!

    ResponderExcluir