Total de visualizações de página

terça-feira, 31 de março de 2015

NOITE NA TAVERNA (CENA 3).


Estou totalmente focado na conclusão do projeto Edgar Allan Poe, principalmente agora que os trabalhos remunerados sumiram. Tenho batido em algumas portas mas elas não abrem; bem algumas deixam uma frestinha, com a corrente engatada, dizendo: sorry, man, conheço e gosto muito do seu trabalho, mas seu estilo não é o que meus clientes procuram. Continuarei batendo. Alias, acho que "A Escrava Isaura" não virá.

Voltando ao Poe, por conta dele não rabisquei mais nenhum desenho pessoal e minha cabeça está fervilhando de ideias. Como falta bem pouco para finalmente comemorar a conclusão, resolvi mudar minha tática de trabalho; eu fazia assim: desenhava uma página e em seguida já dava todos os tons e meio tons e passava para a seguinte, sempre procedi assim em todas as minhas hqs, agora resolvi mudar, vou esboçar as POSSÍVEIS oito páginas que faltam para finaliza-las depois. Assim posso dividir melhor o meu tempo ao longo do dia. No fundo talvez não faça tanta diferença, mas mudo um pouco a tática e quem sabe diminua o meu cansaço mental.

Hoje mais uma cena de um clássico. Bom dia proceis.
PS - Esse texto não me agradou, digitei muito depressa, não sei se fui claro ou se contém erros.


12 comentários:

  1. Fala, Eduardo! Faltando apenas 8 páginas? Acredito que agora é uma mistureba de emoções. Ansiedade, cansaço, ideias atropelando, etc...mas sua tática deve fazer efeito sim. Nos poucos quadrinhos que fiz, estou sempre tentando achar meu jeito ideal, meu ritmo e modus operandi. Tô quase lá.
    Essa arte do Post tá demais, pra variar. Leve, insinuante e texturas perfeitas. Dá gosto ver...
    Vou torcer aqui para as coisas se ajeitem pra você.Se servir de consolo, por aqui tá feio também. Mas não podemos perder a esperança.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Salve, Gilberto! Bem, oito páginas é a minha estimativa, já que com a liberdade que conquistei neste projeto eu posso estende-lo se achar que é para o bem da narrativa, mas na boa, acho que não será preciso. Estou mesmo tentando controlar a ansiedade ir devagar como venho fazendo todo esse tempo.

      Mudar o método de trabalho pode ser uma boa para sair da rotina às vezes, mas normalmente eu prefiro ir finalizando conforme vou terminando de desenhar cada página.

      Grato pelos elogios e torcida, fica aqui a minha recíproca. Espero por dias melhores para todos nós.

      Abração.

      Excluir
  2. Uau! belíssima ilustração Eduardo!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Schloesser! Que desenhaço, rapaz! Como assim "POSSÍVEIS" oito páginas? O número de páginas ainda pode variar? Esse processo todo é meio misterioso pra mim. Vou voltar pra ler a resposta. Continue firme. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Opa, Carla! Obrigado pelas palavras.
      É como eu disse para o Gilberto, acima, fiz uns esketchzinhos aqui para ver como fica a diagramação de cada página e contei oito, daqui até o final, mas tenho total liberdade neste projeto para estender a narrativa se isso vai fazer a leitura soar melhor. Pretendo explicar direitinho este processo numa postagem assim que concluir tudo. Aguarde.

      Apesar de tantos atropelos, continuamos com a fé firme no Senhor Jesus.

      Abraço grande.

      Excluir
  4. Rapaz, vc me chamou 2 vezes de Leonardo! kkk. Na verdade, não tô cobrando nada. Entendi que a resposta foi para meu comentário... Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilberto, meu querido, eu juro que a mensagem (que vai primeiro para meu e-mail) tava em nome de RoteiristaLeo, que é o Leonardo Santana, autor de Novas Amazonas, FDP, entre tantas outras, deve ter sido um erro do blogger, imagino, mas feitas as correções, como pode ver, e removidas as respostas com nome errado, ficamos na boa, certo? Sorry, man, sei que isto é chato. Abraços e volte sempre.

      Excluir
    2. Descobri o que aconteceu, Gilberto: verifiquei no e-mail e vi que você e o Leo devem ter mandado a mensagem quase ao mesmo tempo, sendo que a sua foi a primeira, então no e-mail apareceu só a mensagem do Leonardo, que veio logo a seguir, quando publiquei foi a sua que apeceu no blog e o burraldo aqui não verificou o nome e deu no que deu. Não sei se deu pra entender mas é isso aí. Tudo acertado, mas preciso ficar mais atento.

      Excluir
    3. E acima ainda escrevi a palavra APARECEU errado. Aaaarrrrr! Que raiva que isso dá!

      Excluir