Total de visualizações de página

terça-feira, 13 de julho de 2010

CLARA DOS ANJOS (01)

Hoje começo a postar as artes que criei para o livro do Lima Barreto. Para ilustrar um alfarrábio, tento entrar na história o máximo que eu possa, ver o que cada personagem me me evoca e assim dar a ele uma forma física (caso o autor seja destes que não descreve as figuras). Lima Barreto dá pouca direção, mas este mínimo, já dá pra ter um caminho a seguir. O resto é usar a imaginação. Visitei o blog de um grande artista mineiro que está quadrinizando esta mesma história e respirei aliviado por constatar que a visão dele dos personagens é bem diferente da minha. Sim, senão poderiam dizer que bebi da fonte dele. Não seria legal.
Mas é isto o que mais me fascina na arte: um mesmo tema, uma outra abordagem. Me lembro de  umas aulas que tive de modelo vivo; a moça tava lá, peladona, imóvel como uma estátua, e os artistas concentrados em retrata-la. Ao final, o que vimos foi uma mesma mulher e seis tipos diferentes de desenho. Cada qual com seu traço distinto.
Eu faço pesquisa pra saber os costumes das pessoas num período diferente do nosso, mas algumas vezes cometo a ousadia de criar partindo do que imagino que fosse. A maior parte das referências eu encontro nas imagens do Ângelo Agostini, um grande cronista do seu tempo, o restante é fantasia. As personas retratadas aqui são respectivamente Joaquim dos Anjos e Cassi Jones.



Nenhum comentário:

Postar um comentário