Total de visualizações de página

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

NATUREZA MORTA ( 01 )

Boa noite amigos.
Hoje meu irmão retornou a São Paulo. Ficou apenas quatro dias. Longe de onde eu moro. Bem longe. Só o vi na chegada no aeroporto, e na partida. Juntando tudo não creio que tenha chegado a três horas de contato. Mas valeu. Pra mim foi como uma chuva fresca numa terra seca e inóspita.
Mas falando de arte, eu queria resaltar que natureza morta nunca foi o meu forte, ou melhor dizendo jamais despertou meu interesse. Se um dia eu fizesse uma, teria que ser um frango esquartejado sobre uma mesa com uma garrafa de vinho. Como sei que um modelo assim dificilmente se apresentaria, nunca me importei com este tipo de tema; até o dia em que me solicitaram uma. A que ilustra a postagem de hoje, foi criada para o Método Dinâmico de Desenho e Pintura nº 1 da Editora Escala, só que houve um problema e ela foi descartada daquela edição. Uma pena.
Não tinha muito tempo para pensar, peguei uma frutas e legumes na geladeira e fiz a composição sem muitos esboços, equilibrando cores e texturas para dar o máximo de realismo que me fosse possível com o prazo apertado que tinha. Nem podia demorar mesmo, com o calor que fazia na época, arriscava as batatas e as maçãs apodrecerem. 
A caneca azul é o elemento que quebra o panorama, afinal é uma cor fria que dá compensação ao visual.
Depois, outras obras do tipo foram requisitadas, e não é que acabei tomando gosto?
Mas nada de aves estripadas com bebida forte.
So long.

2 comentários:

  1. belíssimo trabalho, uma pena mesmo que tenha sido cortado da edição, mas pelo menos aqui não há esses contratempos e podemos acompanhar seu trabalho na íntegra!
    adoro!
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Brigadão Bruna. Realmente, também lamentei ela não ter sido publicada na ocasião. Sabe, por eu ser irremediavelmente inadaptável a qualquer meio, sempre fui resistente a estas modernas redes sociais, mas tenho que admitir que este blog tem sido uma ótima vitrine para mostrar trabalhos que normalmente ficariam esquecidos em pastas e gavetas. Logo, se Deus quiser, postarei outros.
    Valeu pela presença.
    Bjo.

    ResponderExcluir