Total de visualizações de página

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

AGUADA

A técnica em aguada nunca foi fácil para mim, pensando bem, nenhuma é. Todas tem o seu quilate de dificuldade, mas é lógico que existem aquelas que nos sentimos mais à vontade. Para mim não é o caso da aguada. Trabalhar com nanquim já não é tarefa lá muito confortável, envolvendo água então....
O exemplo que temos hoje aqui foi a minha primeira tentativa neste sentido. Usei um pouco de guache branco para acentuar alguns brilhos e...argh, comprometi a arte. Pra piorar fiz num papel de gramatura leve que enrugou a base.
Mas passado todos estes anos, noto que ela tem sim um certo charme. Pelo menos ela recebeu elogios do renomado pintor  José Roosevelt.
Com o tempo fui melhorando nesta técnica, cheguei ao ponto de criar toda uma hq assim. Mas nem por isto fiquei muito confiante.


Bem, como eu havia dito numa mensagem anterior, a partir de agora deixo de postar aos sábados e domingos, salvo é claro se tiver algo importante a dizer ou me sentir compelido a faze-lo. Sentar aqui e devanear é para mim um prazer enorme, mas realmente meu tempo anda muito curto e preciso dedicar mais horas à prancheta.
Dito isto, muito obrigado pelas visitas, tenham um bom final de semana, domingo é dia de votação, seu voto é importante, faça-o com sabedoria.
Se Deus permitir estarei de volta na segunda.

3 comentários:

  1. Fala, Eduardo! Bacana a entrada do blog com esse Batman. E sempre é muito bom ler diariamente os textos.
    Ótimo final de semana,

    ResponderExcluir
  2. Du, grande Du! Muito legal você resgatando trabalhos antigos e misturando com novos. E tá bonitão na foto, hein? Era dia de exame de urina?
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Grande Gilberto, grato pela visita. Como você pode ler, só haverão textos agora de segunda a sexta (por enquanto).
    Ótimo weekend for you também.

    Hi, Misterbrazil, Grato pelos elogios. E, pelo que lembro, neste dia não tinha exame (acho).
    Outro abraço.

    ResponderExcluir