Total de visualizações de página

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

CAPA PARA A REVISTA "GAMERS" 02

Shinobi. Eu nunca tinha ouvido faler dele. Fiquei sabendo que era um ninja de roupa branca em 1994 quando fui pegar as referências para uma nova capa da revista Gamers. Lá, só me deram uma fita cassete com um trailer do jogo. Era tudo o que tinha pra fazer a arte, e não era muito. O resultado foi esta imagem que vocês conferem hoje. Óleo sobre tela.
Mais interessante que a capa em si, foi um acontecimento paralelo que se deu em minha vida naqueles dias, envolvendo uma garota, amiga de uma namorada do meu irmão. Sexo, intrigas, mentiras, ciúmes, violência e morte!!!!!!!!!!
....... Certo, sei que vocês não acreditaram, pra ser sincero nem sexo teve, mas mentira teve sim. Eu analiso a mentira da seguinte forma, geralmente as pessoas faltam com a verdade para se proteger ou para prejudicar a outrem.
Eu me senti prejudicado e até hoje não entendo a razão; bem, a vida tem destas coisas.
Comentei em dias passados que estava trabalhando num quadrinho de três páginas que estava dando dor de cabeça, lembram? Pois é, deu trabalho pra fazer o layout.
Recusaram.
Justificaram dizendo que ficou vulgar e grosseiro. Mas vulgar e grosseiro porquê?!? Foram eles que passaram toda sinopse quadro-a-quadro! Eu só teria que dar um visual à ação. Queriam algo parecido com o traço do Milo Manara.
Bem, que peçam a ele pra fazer então, eu tô fora.
Éééé meus amigos, esta é a vida de desenhista.

6 comentários:

  1. hum... povinho desaforado!!!
    vulgar e grosseiro foi a forma que trataram um profissional!
    mas a vida tem dessas...
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Edu,

    a matéria (http://fcinco.com.br/exaworld/?p=122) ficou ótima! Parabéns.

    Abração

    ResponderExcluir
  3. Grato pelo apoio Bruna. De fato, meus quadrinhos pessoais são realmente pesados, não nego. Mas hqs encomendadas, bem tenho que maneirar e executar conforme solicitado. O problemas é que muitos desses editores não lêem nem gibi da Disney, então julgam sem o menor critério. Fazer o quê?
    Bjos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Agildo.
    É, também gostei da matéria.
    Tava no ar fazia um tempinho
    e esqueceram de me avisar.
    Abração e obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Rapaz, vc desperta a nossa curiosidade e deixa o "acontecimento paralelo" de fora do post!? Vai nos matar de curiosidade por simples sadismo, é?? rsrs.

    Nem sabia daquela matéria; valeu a dica, Agildo. Só não entendo porque te chamaram de cartunista.
    Mas tá valendo.

    ResponderExcluir
  6. É mesmo, né? Mas Kaique, será que alguém iria se interessar por minhas insossas histórinhas pessoais? Talvez você, que me conhece a muitos anos. De qualquer forma, neste episódio eu fiz papel de otário, é desagradável até de narrar, até me errependi de te-lo abordado. Sorry.
    Quanto a matéria, eu só fiquei sabendo ontem.
    O termo cartunista, creio que é um termo genérico para quem produz arte sequencial.
    Valeu.

    ResponderExcluir