Total de visualizações de página

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

ZÉ GATÃO NO CORREIO BRAZILIENSE


O COMPUTADOR DEU UM TILT , JÁ NO FINAL DA
POSTAGEM. A TELA FICOU BRANCA E EU PERDI
TUDO O QUE ESCREVI.
COMPUTADORES SÃO GRANDES FERRAMENTAS
MAS AS VEZES PARECEM QUERER NOS MATAR
DE RAIVA.
Foi uma daquelas postagens longas onde eu destrinchava episódios da minha infância. Uma pena.  Mas pode ter sido bom.
A verônica disse que eu poderia perder leitores por causa das coisas que escrevo. Será? Talvez.
Bem, tenho certeza que vocês são fortes para aguentar.
Como não tenho saco pra recomeçar todo o meu chororô, vamos logo às artes, o Zé Gatão acima foi desenhado para uma amiga muito querida de Brasília. O original está com ela, eu fiquei com esta cópia horrível.
Abaixo a matéria feita sobre o "Crônica do Tempo Perdido" no Correio Braziliense em 2003. Foi de página inteira, mas o que importa foi a crítica do rapaz que foi um dos poucos a pegar o espírito da coisa.
A todos vocês um bom final de semana. Como há um feriado na terça, talvez eu volte na segunda, talvez na quarta, Deus é que sabe.

6 comentários:

  1. cara, seu sobrenome é o mais complicado que ja vi em toda minha vida. Sua arte é ótima e por isso começo hoje a seguir pelo meus favoritos. (control D)

    Sei que deve ser muito ocupado e requisitado para falar como um mero mortal como eu. MAs pondo minha cara a tapas deixarei uma pergunta aqui no intuito de que seja respondido - apesar de ficar com um pé atrás de que nao será.

    Vejo centenas de discussoes sobre o mercado da ilustração, que é muito dificil alguem viver disso aqui no brasil e tal e coisa, e coisa e tal.Qual a sua opiniao? O mercado da ilustração é realmente dificil? Qual o pior, da ilustração ou de HQ's?
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Hello, Localí. Realmente, Schloesser é um nome que trava a língua de muita gente. Nada posso fazer quanto a isto.
    Obrigado pelos elogios.
    Quanto a sua pergunta, não é fácil de responder em poucas palavras, mas vou tentar. Viver de arte no Brasil, é sim muito difícil. Se você ler um dos posts recentes que fiz, notará que abordei este assunto, dizendo que a maioria dos artistas que conheço, não vivem unicamente dela. Ou tem alguma outra fonte de renda ou recebem ajuda financeira de alguém. Claro que conheço pessoas que vivem de sua arte, mas são excessão, não regra.
    Eu diria que as HQs são muito mais difíceis por não haver mercado nem tradição aqui no Brasil. Por ex. existem poucos cursos, e os poucos que tem são caros. Quem faz quadrinhos por aqui, o faz na raça, por amar a coisa (meu caso, e já começo a dar sinais de cansaço) ou é beneficiado por alguém já consagrado que lhe sirva de ponte. É o meu pensamento, baseado em minhas próprias experiências.
    Contudo, apesar de toda as dificuldades, eu diria que produzir quadrinhos, ou ilustrações, ou "fine arts", trás grandes satisfações.
    Meu conselho a quem está começando é insistir em realizar o seu sonho, estudar, se aprimorar e não desistir.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  3. Du, muito f%$# essa arte do Zé Gatão! Só ela já vale a postagem! E você não vai perder leitor nenhum pelo que você escreve! É justamente a combinação tão perfeita de seus textos muito pessoais e suas ilustrações que tornam esse blog tão interessante.

    Abração!!!

    ResponderExcluir
  4. Brigadaço Mister.
    Então vamo que vamo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Cara, vai aqui uma dica pra vc não perder mais seus posts (ou minimizar as perdas, pelo menos):
    Antes de você postar, escreva o texto no word e vá salvando a cada frase digitada. Voce pode até abrir uma pasta e nomear os arquivos pelas datas, assim vc fica com tudo arquivado no seu HD e quando precisar consultar alguma coisa, terá os posts à mão. E como tudo em informática é uma incerteza, é bom, de tempos em tempos, gravar um CD de backup.
    Eu sei que elogio é sempre bem vindo mas, com você, a gente acaba chovendo no molhado. De mais a mais você sabe que eu sou seu fã (sabe, não sabe?).
    Gde abraço, meu velho!

    ResponderExcluir
  6. Brigadão pela dica Kaique, vou tentar por em prática. Tentar sim, pois sou muito desligado das coisas. Mas valeu.
    Fã? Entre a gente não tem isso não. Mas obrigado.
    Abração.

    ResponderExcluir