Total de visualizações de página

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

HÉRCULES ( 04 )

Desde que meu som parou de "ler" CDs, me acostumei ouvir música no PC. E não foi só o som que deu "pau", o DVD player também "morreu". Agora é esperar entrar grana pra comprar outros. É incrível, mas as coisas antigamente eram feitas pra durar. Tinha geladeira que durava 30, 40 anos. TV? Algumas resistiam muitos invernos. Hoje, um aparelho de som não chega a durar 2 verões!
O mesmo posso dizer dos filmes e das músicas (ou de qualquer forma de entretenimento).
Estou com os fones de ouvido enquanto digito, escutando o primeiro disco da inglesa KATE BUSH que data de 1978. Foi seu disco de estréia, onde ela se eternizou com a imortal Wuthering Heights, canção que é uma das pérolas do período. A cantora foi descoberta pelo DAVID GILMOUR, o guitarrista do Pink Floyd. Kick Inside, o primeiro álbum, é perfeito em todos os sentidos. TODAS as canções são ótimas, provando assim que Kate Bush não é só uma grande performer e cantora com aqueles agudos incríveis (sim, muito antes de Tetê Espíndola), mas acima de tudo compositora de mão cheia. Ouvindo este fantástico trabalho, me pergunto porque nos últimos 25 anos (salvo raríssimas e honrosas exceções) não fizeram mais CDs bons como este.
É, não tem jeito mesmo, me perdoem mas minha rabugice parece incurável!

Bem, passando para meu plano, nosso Hércules hoje não pretende fraturar dorsos de leões, mas estrangular centauros, seus grandes inimigos.
Fazer esta arte foi mais fácil que as anteriores. Nem precisei de muitos esboços. O livro de mitologia fica aguardando uma vaga na minha agenda. Antes tenho que acabar aquele Edgar Allan Poe que está parado e terminar uns contos e umas HQs curtas que esboçei. Cara, é muita coisa! Vamos ver se quando eu acabar esta leva de ilustrações para os cursos de desenho passo-a-passo eu retomo estas atividades.
Bom fim de semana e feriado a todos. Se o SENHOR permitir nos encontramos por aqui na terça.


6 comentários:

  1. Du, também adoro Kate Bush. Tem um dvd de vídeos dela e da Cyndi Lauper que está sendo vendido nas Lojas Americanas. É uma série que reunem duas cantoras em cada dvd. E falando em dvd, aqui no centrão os filmes feitos nas décadas de 50 e 60 sobre heróis mitológicos interpretados por fisiculturistas famosos como Steve Reeves são vendidos por uma merreca. Valem muito a pena!

    Bom feriadão e "nóis vai se falando"!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Hummm! Este da Kate Bush me interessa, Cyndi Lauper nem tanto. Vou atrás assim que der. Grato pela dica.
    Então, se um dia voltar a Sampa, vou procurar estes antigões. Falando nisto, existe um documentário sobre o retorno do Arnold ao Mister Olympia chamado The Come Back, sabe como posso arruma-lo em DVD?
    Bom feriadão pra ti também. Se cuida.

    ResponderExcluir
  3. Opa! The Come Back também me interessa. Tentei baixá-lo na web mas não consegui uma cópia de qualidade. Além disso, também não consigo legenda. Quem souber de alguma coisa posta ai.

    Edu, esse lápis está maravilhoso. Mais uma vez, parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Pois é Kaique, diferente de Pumping Iron, The Come Back, não teve o mesmo apelo, embora siga a mesma linha. Certa vez tentei baixa-lo pela internet (sem legendas, claro) mas na época eu não tinha banda larga e a coisa sempre caía. Por fim, desisti.
    Mas uma hora a gente consegue.
    Obrigado meu amigo. Fica com Deus.

    ResponderExcluir
  5. Fala, Eduardo! Belíssimo desenho!
    Ótima semana,
    Abração,

    ResponderExcluir